Sessão AMA com Gabriel Kurman

Neste post, você pode encontrar as respostas da AMA de maio de 2019 do estrategista do RIF, Gabriel Kurman.

13 de junho de 2019

Há um roteiro atualizado?

Sim. Iremos publicá-lo em breve. Estamos planejando implantar outros protocolos RIF OS, focados em armazenamento de dados, feeds de dados e comunicações seguras nos próximos meses. Assim como lançamos o RIF Name Service e a RIF Lumino Network e começamos a fornecer serviços de Diretório e Pagamento, estamos trabalhando para liberar as novas versões dos outros 3 protocolos do RIF OS (armazenamento de dados, feeds de dados e comunicações seguras) e estamos planejando ter o primeiro pacote integrado dos protocolos RIF no mercado até ao final do ano.

Onde você vê a RSK/RIF e a criptografia em geral em 3 a 5 anos?

Nossa visão para os próximos anos é que os Protocolos RIF OS sirvam como a abordagem padrão do setor para o desenvolvimento de aplicativos descentralizados. Usando o Token RIF como o token normalmente aceito entre os vários provedores de serviços nos quais os aplicativos descentralizados (dApps) poderão confiar, nossa tecnologia tem como objetivo tornar o desenvolvimento dos dApps mais fácil, mais rápido e expansível, oferecendo aos desenvolvedores uma solução única para implantar sua solução. A simplificação do acesso para organizações desenvolvedoras e inovadoras a essas tecnologias complexas é fundamental para permitir a adoção em massa e ajudar a Internet do Valor a ficar mais próxima de se tornar realidade.

A tecnologia blockchain em geral tem o potencial de revolucionar o sistema financeiro global. Esperamos que o ecossistema continue crescendo por meio da plataforma RSK e da estrutura RIFOS, criando um sistema mais justo e inclusivo.

Olá, Gabriel! Quais são seus planos para levar a Lumino para o público em geral?

A rede RIF Lumino já está disponível para o público em geral. Para obter mais informações, visite: https://developers.rsk.co/rif/lumino/

Dito isso, fazer com que a Lumino seja o mais fácil de usar possível é uma das principais prioridades da RIF. Por esse motivo, a Lumino já foi integrada ao RIF Naming Service (RNS), o que simplifica significativamente a usabilidade para usuários não técnicos. Atualmente, também estamos trabalhando nas bibliotecas de desenvolvimento e cliente leve da Lumino para facilitar as integrações com carteiras e bolsas. A equipe da IOV Labs também está trabalhando no desenvolvimento de soluções para bancos e organizações dispostas a usar o RIF Lumino para suas necessidades de negócios.

Vocês estão procurando novos talentos? Qual é o tamanho atual da equipe? Há planos para uma expansão?

Sim, estamos ativamente recrutando novos talentos. Mais informações sobre as vagas em aberto estão disponíveis em https://www.iovlabs.org/careers/

Atualmente, a IOV Labs tem mais de 50 funcionários, muitos dos quais prestam serviços a todas as unidades de negócios. Também temos funcionários exclusivos da RIF, como eu, Alejandro Banzas (responsável pelo RIF Name Services), Alejandro Narancio (responsável pelo RIF Payments) e Vojtech Simetka (responsável pelo RIF Storage). Cada um deles tem uma equipe sob seu comando, que se concentra em cada um desses serviços. Atualmente, também estamos recrutando o chefe do RIF Communications e do RIF Data Feeds.

Acho que todo mundo quer saber se é verdade que a sua estratégia para as bolsas é esperar que elas listem vocês? Vocês têm um plano para as grandes bolsas?

Temos uma estratégia e estamos engajados com muitas bolsas que listarão o Token RIF. Nossa ideia não é esperar que elas nos listem, mas iniciar uma comunicação proativa com o objetivo de sermos listados.

Você pode nos dizer algo sobre o que foi alcançado na Consensus deste ano?

Na Consensus 2019, lançamos a RIF Lumino Network no palco com nosso CEO, Diego Gutierrez Zaldivar, nosso Chefe de Pesquisa e Inovação, Sergio Damian Lerner, e eu, o Estrategista da RIF. Você pode conferir nossas apresentações aqui:

Aprofundando-se no Bitcoin: RSK e RIF

Dimensionando o blockchain para um bilhão de pessoas

Também tivemos muitas entrevistas na mídia sobre o lançamento da Lumino Network (durante e após o evento), incluindo Coindesk Live, Nasdaq Trade Talks e Crypto Finder entre outros. Houve também mais de 70 artigos e inserções de mídia sobre o lançamento da RIF Lumino Network. Também participamos com um estande onde apresentamos soluções desenvolvidas sobre a plataforma RSK, como dexFreight, BitGive, Circles of Angels, Tokkenit, Signatura, Oak Node, Money on Chain, Se Socio, Neoris, CryptoSpaceShip, etc. Tivemos uma demonstração e tutorial da Lumino. Também tivemos muitas reuniões de negócios com os principais stakeholders, parceiros de soluções para AML, bolsas, etc.

Explique a estrutura IOV, RSK, RIF. A RIF e a RSK vão se tornar uma única organização? Por que você não une os canais de rede social?

Já somos uma organização de “propósito específico”. A organização por trás da RSK e da RIF é chamada de IOV Labs. Reunir os canais de rede social da RSK e da RIF é algo que está sendo considerado.

Agora que a Lumino está em operação, qual é o próximo passo?

Estamos trabalhando em novos componentes do RIF Payments a serem lançados em breve, bem como no RIF Storage Protocol. Até o final do ano, planejamos contar com um conjunto completo de serviços RIF OS, que mostrará como a pilha completa funcionará em conjunto.

Quais são as próximas conferências em que você vai participar? Você tem um calendário para o resto do ano... ou pelos próximos meses, pelo menos?

Sim. Participaremos da Bitcoin 2019 em San Francisco e da Unchain Berlin em junho, da Dialogue Global na Itália em julho e da Truffle Conference nos EUA em agosto. Também participaremos do Blockchain Summit Latam, que realizará eventos no México (julho), Colômbia (agosto), Peru (setembro), Chile (outubro) e Brasil (novembro). Finalmente, o Labitconf acontecerá em dezembro no Uruguai e, como sempre, estaremos lá. Também estamos explorando vários eventos que acontecerão na Ásia durante o terceiro e quarto trimestres para determinar de quais participaremos.

Você criou um laboratório de fundos/incubação com projetos de financiamento avaliados em US$ 100 mil a US$ 1 milhão. Conte-nos mais sobre o papel deste fundo, quem o administra, o financiamento total e como ele suporta o ecossistema RIF. Os projetos podem solicitar doações? Eles irão para o Vale do Silício?

Em quanto tempo deve entrar em operação e quando aparecerão os primeiros resultados? Qual é o valor mínimo a ser investido nas empresas que entram na incubadora e qual é o valor máximo? Qual é o valor total em US$/BTC alocado ao fundo da incubadora?

Para mais informações sobre o fundo do ecossistema e o estúdio de inovação, visite este link: https://hackernoon.com/why-we-created-a-fund-and-an-innovation-studio-dedicated-to-bitcoin-82f2bed7b04b

A comunidade tem feito essa pergunta já há algum tempo. Você considerará pagar por listagens em outras bolsas?

Como mencionado anteriormente, estamos em conversas com várias bolsas, e isso é algo que será considerado.

Como a maioria das empresas conectadas com RSK/IOV/RIF são baseadas na América Latina, há uma chance de ter mais diversidade geográfica de empresas trabalhando com sua equipe?

Não estamos apenas engajados com empresas da América Latina. Na verdade, estamos engajados em projetos em todo o mundo com base nos EUA, Ásia e Europa.

América Latina, Ásia e África sempre foram as áreas geográficas onde o sistema financeiro legado não atende às necessidades gerais da população. Por isso, esperamos um crescimento exponencial dos casos de uso de Blockchain, proporcionando um posicionamento único à RSK e à RIF, dada a força do Bitcoin e da RSK nessas áreas.

Em relação à comunidade, no momento há uma comunidade focada na Ásia e América Latina… isso vai mudar? Se sim, quando? A comunidade dos EUA/Europa é quase inexistente, embora essas duas regiões geográficas tenham mais de 50% do PIB mundial.

Já temos pessoas baseadas na Europa. Na verdade, a pessoa responsável pelo RNS está baseada na Espanha, e a responsável pelo RIF Storage está na República Tcheca. Também estamos procurando expandir nossa presença geral na Europa em breve. Além da América Latina e da Ásia, anunciamos recentemente a abertura de um estúdio de inovação e fundo de ecossistema com sede em San Francisco, nos EUA, além de escritórios em Xangai e Cingapura.

Você vai contratar pessoas que não estejam conectadas ou não estejam na América Latina para cargos de nível C? No exato momento, todas as pessoas que vi no Linkedin são argentinas ou moram na Argentina, dificultando a compreensão da realidade do mundo.

Contratamos pessoas recentemente na Ásia (na China, para ser mais exato) e, como já mencionei, os membros da minha equipe estão sediados na Europa.

Em relação à estratégia de criar um mercado para tokens… Você seguirá um caminho orgânico, ajudando a adoção? E isso será um processo rápido ou vai demorar uma “vida em criptografia”, ou seja, um período de tempo de 3 ou mais anos, pelo menos?

Os serviços RIF visam as áreas mais interessantes e de crescimento mais rápido do ecossistema Blockchain. O resolvedor multi-blockchain RNS é a chave para uma interação fácil com endereços públicos. A Lumino permite milhares de canais de pagamento fora da cadeia para cada token na rede RSK. Esses recursos, combinados com os tokens de moedas estáveis da RSK ​​que serão lançados em breve, criam muitas oportunidades para os serviços RIF. Além disso, no segundo semestre, trabalharemos no lançamento do RIF Storage, que poderia ser a primeira solução de armazenamento descentralizada com um mecanismo descentralizado de incentivo econômico incluído via RIF Lumino. Construímos tecnologia para liderar a revolução do blockchain a longo prazo, ao mesmo tempo em que entregamos casos de uso reais no curto prazo.

Você vai tornar público o valor dos salários dos membros da equipe de nível c? Em toda empresa bem estruturada, por questão de clareza e confiança, os níveis salariais do pessoal de nível c são públicos.

Não somos uma empresa pública e, como tal, não divulgamos esse tipo de informação.

Quais são os diferentes KPIs da Lumino Network? Blocos por segundo, tempo para decisão, TPS e custo por transação? As pessoas já podem construir sobre a Lumino? Quais projetos estão sendo construídos sobre ela?

O número de transações por segundo que a Lumino pode atingir depende principalmente da topologia real da rede e da quantidade de moedas que os participantes bloqueiam em seus canais. Além disso, do ponto de vista técnico, a largura de banda e a latência dos computadores que participam da rede também são essenciais para fornecer um sistema responsivo. Também os recursos da rede dependerão dos padrões de uso de rede de seus usuários. Parece que ainda há muitas incógnitas. No entanto, podemos simular certos padrões esperados de pequenas redes para redes cada vez maiores e obter métricas úteis sobre o crescimento da rede e o número de pagamentos bem-sucedidos, os tempos de liquidação de pagamentos e os custos médios. Considerando a fusão das propostas de melhoria de escalabilidade já desenvolvidas pela RSK Labs para a RSK, as métricas obtidas nos mostram que a Lumino pode expandir para 60 milhões de usuários ativos sem problemas, com custos e tempos de resposta competitivos com outras redes de pagamento. Para expandir ainda mais, já identificamos gargalos de recursos que precisam ser resolvidos. Esperamos que outras soluções de terceira camada sejam desenvolvidas pelo meio acadêmico, como as cadeias de commits, para interoperar com a Lumino e complementá-la.

Se você quiser fazer parte da rede, o repositório da Lumino estará aberto, e ali você poderá encontrar instruções sobre configuração e gerenciamento de nós. Existem vários projetos que integram carteiras e soluções com a Lumino, que serão anunciados após serem implementados nos próximos meses.

Circle of Angels, Bitgive, Blockchain for Humanity, dexFreight, Watafan, Tokkenit, Insuretech, Chronologic, Investoland, Money On Chain, etc. Você pode explicar como esses projetos criam demanda por tokens RIF e não (apenas) RBTC?

Todos os parceiros RSK estão listados em nosso site e a maioria deles criará demanda por tokens RIF, não apenas por RBTC. Compartilhamos em redes sociais vários artigos com informações sobre as soluções desses parceiros e por que eles decidiram construí-los sobre a RSK.

Haverá outra turnê este ano? Se sim, onde e quando?

Estamos participando de muitos eventos do setor em todo o mundo, como mencionei anteriormente, e teremos uma turnê na Ásia no final do ano. Também estamos analisando outras regiões para turnês.

Há alguma nova parceria sobre a qual você possa falar? E se por acaso eu conhecer uma empresa que pode formar uma boa parceria, com quem devo falar?

As parcerias sobre as quais podemos falar são aquelas que já estão ativas e listadas no site. Há muitas em fase de negociação que não podemos divulgar até que sejam lançadas para o público. Sobre informações de contato para possíveis parcerias, você pode entrar em contato conosco pelo e-mail info@iovlabs.org ou partners@rsk.co

Precisamos conhecer a estratégia de marketing. Quando será implementada?

Já existe uma estratégia de marketing. Já foram publicados mais de 400 artigos na imprensa desde o lançamento mundial da RIF há 6 meses. Também fizemos turnês na Ásia. Uma durante o RIF Launch em novembro de 2018 e a última em abril deste ano, onde falamos do status e dos planos para o resto de 2019. Participamos de vários eventos, incluindo Labitconf no Chile, Bitcoin Summit em Israel, La Conexion na Colômbia, Bitcoin Day na Argentina e Uruguai, Edcon na Austrália, Consensus 2019 em Nova York, onde lançamos a RIF Lumino Network mundialmente, etc. Também participaremos de mais eventos, como já mencionado. Por fim, temos canais dedicados nas redes sociais em inglês e mais de 10 contas em redes sociais na Ásia (entre o Japão, a Coreia e a China). Por fim, também estamos prestes a iniciar a publicidade programática em breve, e iniciaremos uma estratégia de crescimento para nossos canais de rede social em inglês. Eu diria que tudo isso nos dá grande presença em todos os mercados neste momento, enquanto continuamos a testar/desenvolver novas estratégias para o crescimento da comunidade e reconhecimento da marca.

Follow our news!